La Bibliothèque ColorADD

1“ Hoje, o ColorADD inicia uma escalada global, apoiado por todos aqueles os que o rodeiam, nomeadamente pelos Parceiros que, na sua atividade diária, materializam o código e dão vida e brilho às cores que comunicam.

O Projeto da EB1 n.º2 de Mem Martins – Escola Piloto, através da sua Biblioteca “Terra do Faz-de-Conta” a que este livro reporta e que desde já agradeço profundamente ao seu autor, é um exemplo desta enorme dedicação, competência e sensibilidade. Promove e facilita um espaço de aprendizagem, de informação total, para todos os seus utentes e que desde tão tenra idade, não se sentem discriminados e diminuídos. A apropriação desta ferramenta simples e eficaz neste contexto escolar é um projeto pioneiro! Quem sabe um dia esta será uma outra história, que recordaremos como um legado que Portugal deixa à Humanidade.”

 in Sílvio Maltez (2012), A Biblioteca ColorADD (Prefácio de Miguel Neiva)

 Da leitura do excerto supra transcrito, constata-se a importância que o recurso pedagógico produzido para divulgação e consolidação deste original projeto assumiu.

Aliás este mereceu um olhar mais atento das principais entidades ligadas à educação e cultura em Portugal, que a ele se associaram, apoiando institucionalmente, nomeadamente: o Ministério da Educação, Rede de Bibliotecas Escolares, Plano Nacional de Leitura, Casa da Leitura da Gulbenkien, Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas, Centro de Recursos e Investigação sobre Literatura para a Infância e Juventude, Pró-Inclusão – Associação Nacional de Docentes de Educação Especial e o Instituto Nacional para a Reabilitação e Instituto de Apoio à Criança.

Procurando fazer jus às palavras que Miguel Neiva escreveu, e com a capacidade de contágio e fomento à participação da comunidade educativa e promoção de trabalho colaborativo que a equipa de professores bibliotecários do agrupamento consegue transferir, foi proposto um ambicioso desafio a vários docentes do agrupamento: Tradução da história inclusiva “A Biblioteca ColorADD”, noutras línguas estrangeiras. 20

O conhecimento em línguas estrangeiras é hoje considerado uma necessidade, um requisito para o exercício de qualquer profissão, uma cidadania plena, não apenas para os alunos em fase escolar, mas para toda a comunicação das pessoas em todas as áreas, a nível mundial.

Desta simples forma, um dos principais objetivos das bibliotecas escolares – contribuir para o aumento da taxa de sucesso nas várias áreas curriculares, nomeadamente, nas disciplinas de língua estrangeira, são salvaguardados.

Além de dotar estes centros de recursos educativos com este novo título, em outros idiomas, desperta também o gosto e motivação pelas disciplinas, proporciona a visualização e aprendizagem do vocabulário associado ao tema abordado, de uma forma lúdica e apelativa.

Francês é o primeiro idioma traduzido. Maria Amélia Almeida, antiga professora bibliotecária do agrupamento, no usufruto da sua merecida reforma, não quis deixar de dar o seu contributo a este projeto. Ainda no ativo, esta antiga professora bibliotecária, 31mostrara o desejo de estender o projeto “Bibiotecas ColorADD” à biblioteca escolar que coordenava (EB 2/3 Maria Alberta Meneres). Hoje, o seu desejo é uma realidade, a sua sucessora segue-lhe as pisadas e o centro de recursos educativos daquela unidade escolar, tornou-se a segunda biblioteca escolar a adotar o Sistema de Identificação de Cores para Daltónicos – ColorADD. 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Bibliotecas ColorADD. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s